domingo, 22 de junho de 2008

Regras de discernimento dos espíritos EXERCÍCIOS ESPIRITUAIS DE SANTO INÁCIO DE LOIOLA

318 – Quinta [regra]. Em tempo de desolação, nunca fazer mudança, mas estar firme e constante nos propósitos e determinação em que estava, no dia anterior a essa desolação, ou na determinação em que estava na consolação antecedente. Porque, assim como, na consolação, nos guia e aconselha mais o bom espírito, assim, na desolação, [nos guia e aconselha] o mau, com cujos conselhos não podemos tomar caminho para acertar.
319 – Sexta [regra]. Uma vez que no tempo de desolação não devemos mudar as resoluções anteriores, aproveita muito reagir intensamente contra a mesma desolação, por exemplo insistindo mais na oração, na meditação, em examinar-se muito e em alargar-nos nalgum modo conveniente de fazer penitência.

http://www.ppcj.pt/sjee.htm

Durante os ultimos vinte e dois anos, tenho feito o esforço de progredir no conhecimento de Santo Inácio de Loiola, e da Espirirualidade Inaciana. Os Exercícios Espirituais têm sido para mim fonte de ajuda, de pacificação e de Encontro com o de Deus do Amor ...
Por vezes preciso de lá voltar... de reviver momentos e experiências de confiança e paz, onde a minha vida adquiriu novo sentido.
Hoje volto às regras de discernimento, leio-as, interiorizo-as, partilho-as, para que possam servir de ajuda.
Elas fazem parte de um pequeno elenco de itens, que em cada dia me podem ir ajudando no "caminho do amor verdadeiro"!
Alice

1 comentário:

Zé Nuno disse...

Muitos parabéns por este teu cantinho onde nós estamos convidados a visitar. Estás sempre presente nas minhas orações. Obrigado por seres nossa Amiga!