quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Conselhos


"É preciso que a gente se conforme em arrancar regularmente os baobás logo que se distingam das roseiras"... (Exupéry)

Volto sempre... ainda que a vida vá dando as suas voltas.
Sinto-me bem, isto é, sinto-me bastante melhor do meu pé e de tudo o resto. Sinto as pernas mais leves e ágeis. As mãos da "minda fada" Sandra percorrem os meus músculos com todo cuidado e ajudam-nos a revitalizar.

Arrancar regularmente os baobás logo que se distingam das roseiras... é a solução para a vida fisica e também para a vida interior.

E a vida volta volta a ter mais serenidade e alegria!

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Uma simples flor

Vive com a confiança de uma flor! A arte de viver, é a arte de confiar...

Vivo com confiança, mas ainda me falta muito para atingir verdadeiramente a arte de viver na confiança total, faço em cada dia propostas a mim mesma de não desistir desta aprendizagem e percorro assim o meu caminho terreno. Esta semana morreu a esposa de um amigo muito próximo com quem tenho trabalhado no voluntariado do banco alimentar contar a fome.
Fui ao enterro e chorei como tantos outros. Foi uma manifestação de muito carinho e muita fé e estes momentos fazem-me sempre reflectir na finitude da vida nesta terra e na esperança de uma outra, em que misteriosamente e simplesmente estarei junto do Pai. E decerto lá encontrarei a plenitude que não precisa já de nenhuma arte, senão a de colher e viver a alegria do encontro.

Continuo a fazer os tratamentos de fisioterapia, mas preciso ser persistente pois por vezes não me apetece mesmo ir... Contudo sei que é necessário e esforço-me, mesmo quanto preferia ficar em casa no sossego.
A minha terapeuta agora é a Sandra, muito suave e muito carinhosa comigo e com todos os outros, tem umas mãos leves, quase poderia dizer prateadas de tanto amor que põe naquilo que faz.
Sandra obrigada!