sexta-feira, 23 de setembro de 2016

A vida que permanece

«A vida que permanece é aquela que se entrega.»
Assim se foi gastando e entregando esta vida... a dar e a receber amor... e é tão difícil ainda viver esta partida meu querido pai. 
Tenho ficado em silêncio, sinto que há coisas ou momentos de que só o silêncio pode falar assim como só em silêncio se podem viver. E ninguém pode fazer o meu caminho... 
Começo agora a ficar na nossa casa, tem sido lentamente que vou ficando algumas vezes e outras não, mas acho que preciso deste tempo aqui, no lugar onde a minha vida foi partilhada durante tantos anos.


"Isto às vezes é tremendo porque a gente quer exprimir sentimentos em relação a pessoas e as palavras são gastas e poucas. E depois aquilo que a gente sente é tão mais forte que as palavras..." (Lobo Antunes)  

"rezo por ti e por toda a família, na firme esperança de que o teu pai está no Amor do Pai. Força e confiança".

"que o Senhor ressuscitado seja o teu ombro, o teu consolo e a tua força."

... "mas trago-te no coração. Deus te dê a força  das cerejeiras floridas..."

"querida Amiga, deixo um grande beijinho certa de que a Vida que flui a partir de ti é reflexo do Amor e Entrega do teu pai."