domingo, 31 de janeiro de 2010

Já passaram alguns dias


Agora que passaram alguns dias, consigo partilhar que fico por uns tempos sem as minhas "rodas"...Elas pararam de repente.
A caixa automática do meu carro calou-se lentamente, silenciosamente, sem anúncio prévio! Quão insegura me sinto hoje e quanto gostava de sentir o Teu abraço, qual samaritana cheia de sede á beira do poço da água viva... A única capaz de saciar todas as sedes.

Hoje na Eucaristia ficou a ecoar no meu coração a força de Jesus Cristo que afirma com convicção e sem medo: "Nenhum profeta é bem recebido na sua terra..." De facto Ele achar-se-á com frequência a remar contra a maré, sentirá medo e solidão; será tentado a calar-se.
Sinto então, como que por milagre, que quando sou fraca e frágil, Deus se compadece e se torna em mim cada vez mais, sinal da sua misericórdia e do seu amor.


domingo, 17 de janeiro de 2010

As bodas de Caná - Um milagre de Amor

Hoje gostaria de escrever um pouco...

O frio, a neve e a chuva que se fizeram sentir nos últimos dias, gelaram um pouco os meus "sonhos" o meu interior, talvez até o meu coração... O nevoeiro intenso e branco ficaram a silenciar a minha vida durante alguns dias.

No entanto, tudo o que é exterior em mim, vem de dentro, fabrica-se dentro do meu ser, alimenta-se dos meus sentimentos e revela-se muitas vezes em falta de energia e de vontade, de alegria e até de entrega.

Sinto o abatimento e a dor de ver a saúde da minha mãe deteriorar-se lentamente, percebendo que não sou capaz de lutar contra este Alzheimer que lhe atinge cada vez mais a memória como que se aos poucos ela estivesse a sair da minha/nossa vida.

Mas a vida em si é já um Milagre de Amor, e o meu dia de hoje, mesmo que tenha acontecido, entre o de ontem que foi difícil, e o de amanhã que será futuro... foi um novo Milagre do amor de Deus!

SIM... O melhor está para vir, o "vinho melhor vem no fim" tal como em Caná da Galileia, mesmo que Jesus parecesse distraído.

E Amar é isso... Acreditar o outro está, mesmo quando tudo nos parece silêncio...

Alice

terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Borboletas


Onde há partilha, alegria, crescimento, perdão, compreensão...
Há amor!

Onde há mãos suaves, acolhedoras, fortes, que tocam...
Há aconchego!

Onde há olhos ternos, luminosos, dedicados, transparentes...
Há luz !

Onde há borboletas pequeninas, coloridas, leves, simples...
Há vida!

Alice

domingo, 3 de janeiro de 2010

Viemos do Oriente adorar o Rei

O Dia está triste e chuvoso, mas é Domingo... Senti ao acordar uma espécie de escuridão da qual desejo sair... Nada do que humano me é estranho em questões de custos, de dores e de pobreza...
No entanto, a fé que existe em mim compromete-me e convida-me a SER e a viver como alguém que não desiste de alcançar a luz verdadeira.
Os sinais de esperança vão surgindo à medida que escrevo e levam-me a esperar a visita de Deus.
Que a Estrela que guiou os Magos nos leve também a todos nós em visita ao presépio!
Alice

sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

Santa Maria Mãe de Deus



Maria: a mulher que proporcionou o nosso encontro com Jesus, é para todos, modelo de acolhimento ao projecto de Deus, colaborando com Ele na Salvação da Humanidade.

FELIZ ANO NOVO!
o Senhor nos abençoe e nos proteja,
faça brilhar sobre nós a sua face
e nos envolva com o seu olhar de bondade,

«Educar um olhar positivo é bem mais do que ver tudo cor-de-rosa ou andar à procura do lado bom de todas as coisas! Já não era mau se o fizéssemos. Mas educar-se para a positividade é sobretudo saber que de tudo (até do pecado) se pode tirar sempre um bem maior e interiorizar a disciplina de se propor constantemente atitudes construtivas, de tirar proveito de humanização e humanismo em tudo o que acontece e não perder a intenção recta, diária, de procurar o bem maior e de fazer o melhor que está nas nossas mãos».
P. Vasco P. Magalhães, sj