domingo, 30 de agosto de 2009

Vendedor de Sonhos


"Sou um Vendedor de Sonhos! Eu tento vender coragem aos inseguros, ousadia aos medrosos, alegria aos que perderam o encanto pela vida, sensatez aos incautos, criticas aos pensadores...
Vendo o que todos procuram e não existe no mercado."

(O vendedor de sonhos de Augusto Cury)

É um livro que comprei ontem, comecei a ler com vontade e de que estou a gostar muito. Percebo que tenho muitos sonhos que preciso comprar urgentemente.

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Ainda la luna


Alguém me perguntava ontem, o porquê do meu post anterior... Porque sim... porque gosto do pensamento, poderia simplesmente dizer.


Mas gostaria também de falar sobre o que pensei e me ocorre neste momento e da mensagem que nos pode transmitir...
Penso que tudo aquilo que nos oculta é também o que nos impede ver, de olhar a vida e tudo o que nos rodeia, de contemplar a natureza com toda a sua beleza, as pessoas com quem lidamos, enfim... tantas coisas boas à nossa volta.
Se estou despojada e sem prisões ou obstáculos, sinto-me mais livre e feliz.
Se me encolho, se me meto dentro da concha, como o caracol, não cresço para a vida e não voo em direcção ao infinito e ao céu. Verdadeiramente: não caminho ao encontro do AMOR.
É claro que tudo isto não é fácil, faz parte do percurso que todos temos de fazer e tem muito a ver, com o modo como usamos a nossa liberdade, como olhamos o mundo à nossa volta e como contribuímos para o tornar melhor.
Sempre me encantou a ideia de que Santo Inácio de Loiola, passava muito tempo a contemplar as estrelas...
Em Roma ele estava muitas vezes no terraço da casa e aí, olhando o céu, falava com o "Senhor de Todas as Coisas", como é referido em muitos escritos sobre a sua vida.
A minha casa tem telhado, mas em algumas noites, fico um pouco na varanda do meu quarto e gosto de olhar a lua e as estrelas. São momentos ora de paz ora de alguma turbulência, mas são momentos bons para mim.
Pena que haja muitas noites sem ESTRELAS!

sábado, 22 de agosto de 2009

terça-feira, 18 de agosto de 2009

Liberdade


Temperança significa antes de mais um equilíbrio, nem de mais nem de menos, depois, mais do que moderação, é ser refreado nos instintos, nos excessos. Diz-se que uma pessoa tem temperança quando não vai atrás das suas pulsões desenfreadas, quando tem em auto-domínio. É a força interior que me assegura o equilíbrio perante os apelos, os desafios e as tensões, interiores ou exteriores, e me permite não viver escravizado por eles.
A temperança é virtude que me permite a liberdade.

P. Vasco Magalhães (do livro: Onde há crise, há esperança)
A foto da Ilha de S. Jorge - Açores foi tirada e cedida por um amigo

sábado, 15 de agosto de 2009

Avé Maria


Neste dia em que celebramos a Assunção de Nossa Senhora, penso no "Novo Encontro" que Maria terá tido com o seu Filho tão amado. Sinto que no céu houve festa e há festa todos os dias por este acontecimento e sei que um dia todos nós viveremos para sempre esses momentos.

video

domingo, 9 de agosto de 2009

Não conheço a razão


"Amo como ama o amor. Não conheço nenhuma outra razão para amar senão amar. Que queres que te diga, além de que te amo, se o que quero dizer-te é que te amo?"
Fernando Pessoa



Que outras coisas poderei partilhar hoje... Neste domingo de sol e quietude?
Digo que as certezas que muitas vezes alimentavam o meu ego, esfumam-se num espaço e num tempo que também já não existe, dando lugar a um desejo de humildade que me pacifica. A palavra "ausência" tem a marca do bem e da ternura que me faz ser grata e me ajuda a ver a fragilidade dos sonhos, que muitas vezes construo e alimento...
E que Deus, é também sempre novo, no Seu modo de me encontrar se me perco, que posso viver do Seu amor incondicional que me faz existir e ser... Da certeza firme, de que a vida eterna começa hoje, - como nos dizia a liturgia...
Hoje posso contemplar o mar, o sol e as estrelas e sentir a alegria das gaivotas no horizonte!

sábado, 8 de agosto de 2009

O Mistério do Amor


O mistério insondável de Deus é que Ele é um Enamorado que quer ser amado. Aquele que nos criou está à espera da nossa resposta ao amor que nos deu o ser.
"Henri Nouwen, em "Viver é Ser Amado"

Hoje é sábado, estou a meio das férias... Esta frase que li pela manhã, tem acompanhado o meu dia enchendo-o de sol continuamente nascente, como alguém que se aproxima uma e outra vez, ensaiando chamar a minha atenção para o trilho que vejo ao longe e preciso percorrer...
Por isso desejo mover-me em direcção do AMOR, " Ele é um enamorado que quer ser amado", Ele é a presença constante que me guia e fortalece, que me dá força para a jornada de cada dia.
Eis-me aqui!...

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Praia



Na luz oscilam os múltiplos navios
Caminho ao longo dos oceanos frios

As ondas desenrolam os seus braços
E brancas tombam de bruços

A praia é lisa e longa sob o vento
Saturada de espaços e maresia

E para trás fica o murmúrio
Das ondas enroladas como búzios

Poema - Sophia de Mello Breyner

Foto a minha sobrinha - Ana Teresa - tirada por mim
«Deus não exige um coração puro antes de nos abraçar.
Mesmo que regressemos apenas porque o seguimento dos nossos desejos não nos trouxe felicidade, Deus aceita-nos na mesma.

Mesmo que regressemos porque ser cristão nos proporciona mais paz do que ser pagão, Deus receber-nos-á.

Mesmo que regressemos porque os nossos pecados não nos deram tanta satisfação como esperávamos, Deus recebe-nos de novo.

Mesmo que regressemos por termos descoberto que não somos capazes de caminhar sozinhos, Deus receber-nos-á.

O amor de Deus não pretende saber porque regressamos.

Deus fica contente por nos ver voltar para casa e apressa-se a dar-nos tudo o que queremos, simplesmente por estarmos em casa.

Porquê protelar?

Deus mantém-se de braços abertos à espera de me abraçar.

Ele não fará perguntas sobre o meu passado.

O que Ele deseja é o meu regresso.»

(Henri Nouwen, em "A Caminho de Daybreak)

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Pôr-do-sol

Férias...
Um tempo diferente, oportunidade de fazer outras coisas, tomar uns deliciosos banhos de piscina, ir à praia e comtemplar... dar-me conta de que em cada ponto por pequenino que seja, Deus está!

Galé (praia)
Foto de um pôr de sol, tirada da varanda.