sábado, 6 de agosto de 2011

Fazendo caminho...


Acordei como de costume com a minha mãe a chamar por alguém, era a hora de se começar a tratar dela, convém que seja cedo, é melhor para o seu conforto… Levantei-me e pareceu-me que o dia se mostrava um pouco cinzento e hoje comecei-o com algum custo, experimentava ainda aquele abatimento que já vinha de ontem e não passara de todo.

Mais tarde, feitas as tarefas principais deitei-me de novo aqui nesta cama a seu lado, para descansar e rezar um pouco… Rezei o Salmo 84 da Liturgia de amanhã. E precisei de chorar bastante à medida que ia rezando e reflectia ajudada pelo passo-a-rezar.net.

Agora que o dia foi correndo vejo que o cinzento que me pareceu ver e sentir de manhã, só tinha acontecido dento de mim, o céu manteve-se azul e o dia ameno com uma pequena aragem que só veio para me ajudar e acariciar.
Deixo o Salmo e esta frase que foi fazendo parte do meu caminho…

“Meu Deus, sei que estás comigo, que me amas e acolhes, conduz-me nos teus caminhos”!

Deus promete paz para o seu povo e para os seus amigos
e para todos os que se voltam para Ele de coração.
A salvação está perto dos que o temem
e a sua glória habitará na nossa terra.

O amor e a fidelidade vão encontrar-se.
Vão beijar-se a justiça e a paz.
Da terra vai brotar a verdade
e a justiça descerá do céu.

O próprio SENHOR nos dará os seus bens
e a nossa terra produzirá os seus frutos.
A justiça caminhará diante dele
e a paz, no rasto dos seus passos.


Sem comentários: