segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Passar para a outra margem



«Passemos para a outra margem» (Mc 4,35), diz Jesus aos seus discípulos, aí descansaremos…

Este convite que releio, aumenta alguns dos meus anseios e acompanha sonhos da minha vida presente, ao mesmo tempo que fortalece a minha espera num futuro mais fecundo e promissor.
Fruto da oração e da escuta, sinto que me vou preparando aos poucos e um dia, finalmente, a tua mão me ajudará a fazer o caminho, a travessia maior…
O meu passo lento e arrastado, por momentos mais será leve, mais suave, menos doloroso e a "tal" ponte está lá, só preciso encontrar o local da passagem.
Caminho já nesse sentido, caminho em silêncio procurando fazê-lo com simplicidade como quem sabe que em todo o lugar é possível o amor. 

Sem comentários: