terça-feira, 18 de agosto de 2009

Liberdade


Temperança significa antes de mais um equilíbrio, nem de mais nem de menos, depois, mais do que moderação, é ser refreado nos instintos, nos excessos. Diz-se que uma pessoa tem temperança quando não vai atrás das suas pulsões desenfreadas, quando tem em auto-domínio. É a força interior que me assegura o equilíbrio perante os apelos, os desafios e as tensões, interiores ou exteriores, e me permite não viver escravizado por eles.
A temperança é virtude que me permite a liberdade.

P. Vasco Magalhães (do livro: Onde há crise, há esperança)
A foto da Ilha de S. Jorge - Açores foi tirada e cedida por um amigo

Sem comentários: