sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Há vida em mim

... Sofri e amei, não por igual,
que a dor já passou
mas o encanto persiste.
Bem feitas as contas,
não me posso queixar.
Há vida em mim.

Este livro, tem sido uma fonte de que vou bebendo um pouco de cada vez... Devagarinho, como quem deseja que a viagem não acabe tão depressa.
Reconheço cada vez mais, que de facto e apesar de
alguns contatempos que vão surgindo, aprendo
a viver vivendo, aprendo a amar amando e aprendo
a servir servindo. E assim de facto, vida em mim...

"Vida em mim" Nuno Lobo Antunes
Foto do meu sobrinho João António, que sempre se esquiva às câmaras

Sem comentários: