sábado, 10 de novembro de 2012

Vida + VIDA


Ontem foi o enterro da mãe de um bom amigo. É sacerdote e na missa falou da ressurreição de Lázaro, repetiu de uma forma bastante serena as palavras de Jesus: “Todo aquele que vive e crê em mim não morrerá para sempre. Acreditas nisto?” Jo. 11,26  
Dei-me conta de que aquela família, fazia uma despedida com esperança. 
No cemitério tudo me pareceu mais frio, como é meu hábito olho as campas e não me aproximo muito… Mas fiquei até ao fim…  
Conhecia pouco a srª. Maria José, sei que foi uma mulher que marcou a vida dos seus nove filhos e amigos.  Também não sei bem de que flores ela gostava, mas num dia de festa em que lá estive, vi que à volta da casa havia canteiros floridos dos quais tenho algumas fotos.  Deixo-lhe ficar os seus malmequeres, neste espaço de partilha. 
Esta é a oração que rezo ou canto muitas vezes, e também aqui fica mais uma vez. Creio mesmo, que no céu se encontraram estas duas mães e sorriram.

                     Luz terna, suave, no meio da noite,
Leva-me mais longe.
Não tenho aqui morada permanente
Leva-me mais longe.

Que importa se é tão longe para mim
A praia onde tenho de chegar
Se sobre mim levar constantemente
Poisada a clara luz do Teu olhar?

Nem sempre Te pedi como hoje peço
Para seres a Luz que me ilumina
Mas sei que ao fim terei abrigo e acesso
Na plenitude da Tua luz divina.

Esquece os meus passos mal andados
Meu desamor perdoa e meu pecado
Eu sei que vai raiar a madrugada
E não me deixarás abandonado

Se Tu me dás a mão, não terei medo
Meus passos serão firmes no andar
Luz terna, suave, leva-me mais longe:
Basta-me um passo para a Ti chegar.

1 comentário:

Marcelo de Paula disse...

Seus textos me trazem muita paz...faz tempo que sigo seu blog e confesso que fico a espera de novos textos. Não pare nunca de escrever.

Saudações,

Marcelo de Paula