quarta-feira, 20 de março de 2013

COMO TE EXTINGUES em mim


Ainda no último
e gasto
nó de ar
estás lá com uma
faísca
de vida.


Paul Celan (tradução: Claudia Cavalcanti)

Sem comentários: