sábado, 6 de março de 2010

O Senhor é meu Pastor


O SENHOR é meu pastor: nada me falta.
Leva-me a descansar em verdes prados,
conduz-me às águas refrescantes
e reconforta a minha alma

Estou de quarentena, pois na quarta feira, logo pela manhã dei uma das minhas quedas a valer... coisas dos afazeres e das pressas do dia a dia! Está quase a passar...
Não posso caminhar de verdade, mas caminho ao faz de conta como quando era pequena... nariz esborrachado no vidro da janela, a ver os miúdos do bairro saltitando ou deslizando em pequenos carros de madeira com rodas minuscúlas, que os nossos pais construíam pacientemente.
Sonho outros caminhos e outros "andares", em que os pés doridos são perfumados com aloés...
Nada me falta de facto, tenho muito, tenho tudo o que preciso... Aprendo cada dia a entender como é díficil não ter pés, não ter cadeira de rodas, ou não ter quem nos pegue ao colo e nos ajude a ser crianças.
Vivo intensamente cada momento e cada gesto de amor verdadeiro e deixo-me conduzir às águas refrescantes.
Alice

1 comentário:

maria disse...

SIMPLESMENTE maria!

NA CIDADE E NA PERIFERIA.
À NOITE E NO DIA A DIA,
TENTANDO IMITAR MARIA,
QUE NA DOR E NA ALEGRIA
NUNCA PERDEU A SIMPATIA,
ENSINANDO, COMO UMA GUIA,
QUE DEUS PAI TUDO ALIVIA
E SÓ A VERDADE É ENERGIA
QUE PROVÊ A HARMONIA.

ELA NADA A DEUS PEDIA,
MAS EM TUDO ELE A SERVIA,
PORQUE DE ANTEMÃO SABIA
O QUANTO, CALADA, SOFRERIA,
SABENDO QUE SEU FILHO MORRERIA.
PORÉM, O CÉU ELA ENTREVIA
E, FIRME, CONTINUARIA.
PARA NÓS É CALMARIA
TER, POR ESPELHO, MARIA!!!