sexta-feira, 30 de abril de 2010

A família


Já se foi percebendo que gosto de imagens, gosto de flores, também gosto de girassóis...
E se as coloco aqui no blogue é porque sei, pressinto... que elas falam por si próprias e exprimem aquilo que, a mim, nunca me será possível.

Tive uma semana de trabalho e preocupação, mas apesar de tudo de confiança. O "papi" como carinhosamente gosto de chamar ao meu pai foi internado para colocar um pacemaker. Uma pequena cirurgia que o fez ficar quatro dias no hospital. É frequente ouvirmos dizer que este pequeno aparelho, vem renovar o coração. Com os seus 85 anos, é bom de facto que o coração se aguente para que fique muito tempo connosco e continue a ser aquela pessoa forte que sempre nos dá confiança.
Está tudo bem agora... já consegue ser mais autónomo nos movimentos e tratar bastante bem da higiene, de se vestir, comer, etc...

Aguento-me mal nestas coisas, sinto-me e incapaz de tratar de tudo cá em casa e fico impaciente, mas sou o sou e sobretudo o que sinto.... e no entanto desejo ser melhor.
Sou por vezes calma e pacifica, noutras impulsiva e irritadiça, mas Deus que me cria e recria com amor, conta comigo e deseja também o meu amor.
Volto breve, ainda queria olhar as estrelas e escutar um pouco a voz de Deus.

1 comentário:

O Ser Humano e o Elementos da NATUREZA disse...

Adoro seu Blogger! Sinto que temos muitas particularidades parecidas. Minha flor preferida é o GIRASSOL, comTem sempre presente...

Que a pele se enruga, que o cabelo se torna branco, que os dias se convertem em anos.

Mas o mais importante não muda!

Tua força interior e tuas convicções não tem idade. Teu espírito é o espanador de qualquer teia de aranha.

Atrás de cada linha de chegada, há uma de partida. Atrás de cada triunfo, há outro desafio.

Enquanto estiveres vivo, sinta-se vivo.

Se sentes saudade do que fazias, torna a fazê-lo.

Não viva de fotografias amareladas. Continua, apesar de todos esperarem que abandones.

Não deixes que se enferruge o ferro que há em ti. Faz com que, em lugar de pena, te respeitem.

Quando pelos anos não consiga correr, trota.

Quando não possas trotar, caminha.

Quando não possas caminhar, usa a bengala.

Mas nunca te detenhas !!!
o também o LOTUS!