quarta-feira, 12 de outubro de 2011

O Amor que aproxima

Todas as palavras que tenho escrito estes dias no meu blogue, foram custosas e são fruto de uma experiência vinda do coração...
No entanto hoje deixo um pequeno extrato do email de um  amigo, cuja passagem na Covilhã foi breve... Marcou a minha vida pelo Amor que põe em tudo o que faz e vive e deixou-me  muitas saudades... Algures no Brasil, ele  me fortalece com a sua amizade.
   

«Posso fazer ideia do quanto estás a sentir toda essa ausência... Dividir espaços e ocupá-los com outras lembranças são o teu desafio a partir de agora... Não tenho o direito de pedir-te para não sentires dor ou "esqueceres" a partida... Mas posso sugerir-te que vivas o hoje na certeza de que o amor de que sentes falta é o amor que te aproxima com o ilimitado, com o transcendente, com o divino... Sabes e podes dizer que vives um amor supra-humano... Força e fé minha querida amiga... »

Foto em casa, com o meu pai, no dia do meu aniversário

1 comentário:

Falconetti disse...

Já perdi o meu pai e passado 21 anos posso partilhar contigo a minha experiencia de fé.

Eu começo como termina a carta: “...Força e Fé Minha querida Amiga”, a fé é o que nos ajuda e muito.

Nos primeiros dias vem a dor, uma dor tão profunda que não nos apercebemos da perca, é uma dor tão aguda que só pensamos em nós ,em como estamos sozinhas e tristes , em como é injusto esta dor que sentimos, como é injusto que tenha sido o meu pai, que era tão bom. Mas pensamos ,meu Deus se esta é a tua vontade quem sou eu para estar assim. Interiorizamos que a vontade de Deus é esta e que a temos de aceitar ,saber viver com ela e pedir forças para continuar. Com o passar do tempo é que nos apercebemos da realidade, a falta ,a ausência, a saudade e essa sim ,minha amiga custa muito. Mas mais uma vez pensamos meu Deus se esta é a tua vontade dá-me forças para continuar .De repente apercebemo-nos que Deus está ali ,ao nosso lado .Que nos acarinha ,conforta e se necessário até nos pega ao colo e enquanto sentimos isso sentimos algo mais, algo que nos transcende ,ao lado de Deus está o meu pai também .Sinto a sua presença como sinto a de Deus, sei que está ao meu lado, que me ajuda que me conforta e me pega ao colo exactamente como Deus. Aí penso como é bom acreditar em Deus ,acreditar que sem Deus tudo seria mais difícil, que se não fosse esta fé eu não sei se aguentaria a dor, a ausência ,a saudade. Termino como começo: “...Força e Fé Minha Amiga ,primeiro a dor, depois a saudade mas sempre a alegria e o certeza que estão ali sempre ao nosso lado

bj

Falconetti