segunda-feira, 28 de novembro de 2011

vontade de Deus - caminho de FELICIDADE

 

Acordei cedo neste dia cheio de sol e de vida, depois um fim-de-semana transbordante de motivações, de beleza, de encontros e alguns desencontros e sobretudo de muitos momentos de felicidade interior embora algumas vezes muito “sofrida”.
Isto para confirmar que estive neste encontro de Espiritualidade Inaciana… Dei-me conta de que somos tantos,  os buscadores de felicidade!
Mas será que nesta busca, estamos conscientes de que isso envolve a nossa, a minha liberdade e a vontade de Deus?

Logo no inicio eu acreditei que esta seria uma oportunidade única e necessária nesta fase da minha vida…  
O meu ser ”apaixonado” e em constante esforço pela conquista da felicidade vibrou, o meu coração bateu forte intuindo que este poderia ser um tempo para me pôr a caminho.

O primeiro tema foi: “A VONTADE DE DEUS É A NOSSA LIBERDADE”, a partir de uma pintura de Caravágio - conversão de S. Mateus - na cena que representa o momento exacto em que Jesus apontando para Mateus lhe diz: “QUERO QUE ME SIGAS”!

Estive durante esse tema junto de um grande amigo e tive a certeza de que a resposta  a dar, não passava exclusivamente por um sonho. Era a realidade e a certeza de que será possível encontrar a Felicidade no caminho que me proponho fazer.

O resto foi um nunca mais parar de convites e apelos de que irei falando aos poucos… de encontros belos e felizes alguns com custos e de choro intenso, com muitas pessoas que me amam e que foi bom poder rever depois de vários anos e também, de poder falar da partida da minha mãe.

Na presença dos amigos que viajaram comigo (a Zilda, a Paula, a Zé e o Vítor) surgiu a hipótese de dar uma forma nova aos meus escritos passados e futuros. Depois, o livro das suas memórias, que a Fátinha Rabaça me colocou no colo e no coração deu o grande impulso! Vou escrever e se possível publicar, alguns fragmentos de uma vida feliz: A MINHA VIDA!
 

À noite, na partilha com o meu pai e irmãs, revi esta decisão e eles vão ajudar-me a situar as minhas lembranças de um passado longínquo… algo incompreensível mas belo.   
Foi a confirmação final de que o devo e posso fazer. Um obrigada àqueles que já referi e a mais três pessoas que pela sua amizade e dedicação, serão decerto motivo de fortalecimento neste trabalho a que me proponho, a Laurinda, o José e o Hermínio.  

1 comentário:

Anónimo disse...

" Deus coloca perante nós a felicidade a que nos quer conduzir mediante a Sua Graça"
O teu exemplo de vida é uma Graça para muitos de nós. A tua bondade, a tua generosidade e a tua humildade são para mim passos a seguir!A força que arranjas e transmites atraves da tua fé é de certeza um caminho para a felicidade.Força amiga e já sabes que tens a minha amizade e apoio! bj
Falconetti