sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

As saudades são como manhãs de Páscoa

"Só sente saudade quem (re)conhece o Amor". 


Não sei quem escreveu esta frase, nem sequer me recordo de onde a tirei, mas adoptei-a com alegria.
Há saudade, porque existe ou existiu relação, convivência, o amor e a amizade, as chegadas e as partidas... Não me importo de adormecer com saudade, porque o faço com a memória de muitos gestos de ternura. 
As saudades são como manhãs de Páscoa cheias de brancura, manhãs de esperança, manhãs de mistério e de encontro...    
Alice

Sem comentários: