quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Gosta de alguém...

«Gosta de alguém que te ame, alguém que te espere, alguém que te compreenda nos momentos de desespero. De alguém que te ajude,que te guie, que seja o teu apoio, a tua esperança, teu tudo. Gosta de alguém que te espere até ao final, de alguém que sofra contigo, que ria junto a ti, que limpe as tuas lágrimas; Que te abrigue quando necessário, que fique feliz com as tuas alegrias e que te dê forças depois de um fracasso. Gosta de alguém que te ame. Não gostes apenas do amor. Não gostes só do amor, mas NÃO DESISTAS NUNCA DE AMAR!»

Mandaram-me este poema de que gosto muito. Partilho-o hoje com sentimentos de paz mas ao mesmo tempo inquietude... De alegria e de fé.
Vem à minha mente a conversa de Jesus com Pedro: «Simão, filho de João, tu amas-me mais do que estes?» Pedro respondeu: «Sim, Senhor, Tu sabes que eu sou deveras teu amigo.» Jesus disse-lhe: «Apascenta os meus cordeiros.» Voltou a perguntar-lhe uma segunda vez: «Simão, filho de João, tu amas-me?» Ele respondeu: «Sim, Senhor, Tu sabes que eu sou deveras teu amigo.» Jesus disse-lhe: «Apascenta as minhas ovelhas.» E perguntou-lhe, pela terceira vez: «Simão, filho de João, tu és deveras meu amigo?» Pedro ficou triste por Jesus lhe ter perguntado, à terceira vez: 'Tu és deveras meu amigo?' Mas respondeu-lhe: «Senhor, Tu sabes tudo; Tu bem sabes que eu sou deveras teu amigo!»

3 comentários:

Alda disse...

Olá Alice,
Lindo texto, gostei muito!

Venho agradecer a visita ao meu cantinho!É bom partilhar as nossas experiências!Dá-nos mais força!!!
Com mais tempo vou ler o teu blog todo, mas vejo que também és uma guerreira, e és muito positiva.

Não levas a mal tratar-te por tu pois não? É mais fácil...
Vou querer saber um pouco mais de ti se concordares claro!

Beijinhos
Alda

alice disse...

Obrigada Alda.
Também gosto muito do teu cantinho, que encontrei por um acaso feliz.
Sim! Podes ir conhecendo a minha vida, que se vai abrindo aos pouco
nas rodas do meu sonho.
Beijinhos
Alice

Paulo Costa disse...

Que belo e profundo poema!
"Nunca desistas de amar!"...
Deveria ser o lema das nossas vidas! Deus nunca desiste de nos amar. Ele ama-nos exactamente como somos e não há nada que possamos fazer para Ele nos amar mais ou menos. Ele convida-nos a acolher esse amor no nosso coração. Não força a nossa liberdade, nada nos impõe, apenas nos pergunta com ternura e delicadeza: "Tu amas-Me?".
A pergunta que Ele faz a Pedro: "Tu amas-Me?", fá-la a cada um de nós a todo o instante.

É curioso o facto de termos muitos livros e autores favoritos em comum.
A propósito da pergunta de Jesus a Pedro, publiquei este texto no meu blog há algum tempo: http://seguirjesus.blogspot.com/2007/06/amas-me.html

Se puder, convido-a a ler um texto que adaptei de alguns escritos de um autor que muito admiro e prezo, François Varillon, s.j. :http://seguirjesus.blogspot.com/2008/03/deus-no-seno-amor.html

Muita força e coragem para si!
Deus a abençoe e guarde no Seu Coração de Infinita ternura e amor.

Abraço fraterno em Cristo Jesus.