quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Partiu para o Pai

"Lutou desde Julho de 2007, com uma enorme vontade de viver, uma Fé verdadeira e transbordante, e uma aceitação da doença que foi testemunho para todos nós.

Ele foi mesmo um lutador contra as adversidades que se foram sucedendo e ao sofrimento."

(De um e-mail enviado pelo meu amigo Joel)

Com estas palavras bonitas e cheias de Fé, recebi na segunda-feira a notícia da morte do nosso amigo Mário Pereira.
Ainda sinto um aperto no coração quando penso nele, era acima de tudo um homem bom...Obrigada pela Tua vida Mário!
Dedico-te este poema/oração...

No silêncio...


No silêncio dos gestos simples,
Na ousadia das palavras proféticas,
Uma voz clama…
E que diz ela?
Diz que a Fé é entregar-se,
Que o Amor é dar-se,
Que é Sábio aquele que serve,
Que o silêncio é Deus em nós,
Que a Cruz é salvação:
Loucura para os que se perdem,
Mas para nós força de Deus (cf. 1 Cor. 1, 18)

1 comentário:

Joel disse...

Tocaste o meu coração com força ao colocares as minhas palavras sobre o meu querido Amigo Mário. Li e fiquei a olhar.... parece que fui eu que escrevi. Sim. Fui eu.
Agora que li, senti a dor do momento da escrita, mas também gostei de ter escrito palavras que agora gostei muito de ler. Tenho o coraão apertado... e muitas saudades dele.