sábado, 29 de novembro de 2008

No Banco Alimentar

Só hoje me dei conta que as luzes de Natal, se acenderam um pouco por toda a cidade... reparei há pouco ao regressar a casa que a iluminação está bonita, a chamar a nossa atenção para a luz, para beleza das cores e da alegria.O meu dia começou cedo, quando me levantei senti um frio especial ao mesmo tempo que uma claridade luminosa e suave entrava pela janela do meu quarto, fui espreitar... era a neve que caía docemente, suavemente, sem magoar ou deixar rasto. Tirei à pressa umas fotos à encosta da serra.

Tinha o tempo marcado para o Armazém do Banco Alimentar Contra a Fome. É um serviço que vou prestando desde há alguns anos. Sinto que me ajuda e me serve e de incentivo para todos os outros meses de voluntariado que me e nos esperam. Há trabalho para todos e para todas as idades. Eu faço, durante o meu turno, o registo informático de todas as entradas, após as pesagens.

Acaba de se esvaziar uma carrinha, vem outra, está ainda mais outra à espera... Há uma azáfama saudável, há risos de alegria entre os mais novos, há concentração e preocupação para os responsáveis.
Todos os anos por esta altura natalícia há este apelo à generosidade das pessoas, através de uma nova campanha de recolha de alimentos nos hipermercados.

"Alimentemos esta ideia" Sejamos generosos para o bem de muitos!

Volto amanhã com mais notícias...

1 comentário:

Paulo Costa disse...

"A caridade é como o andar do espírito. Se tens dois pés, não coxeies. Ama a Deus e ama a teu próximo." (Santo Agostinho)

Bom Domingo!