sábado, 14 de fevereiro de 2009

O Espelho


O espelho

Fim de tarde especial, diversos convites a uma vida mais autentica e feliz.
Leio este poema que me fez pensar e me marcou um pouco deixando no meu coração o desejo de aprender a ser "espelho" para muitos, para alguns, ainda que seja para uma só pessoa ...
Nestes tempos... os únicos que temos para viver, apesar de existirem pessimismos, crises, nostalgias e tantas outras dificuldades... Gostaria de vos dizer que CREIO no Espelho, que me aponta Caminhos, me fala de Esperança, de Beleza, de Solidariedade, de Aceitação, de Mudança e de Amor.
Podem achar-me sonhadora e sou-o de facto! É que mesmo que não haja sol eu esforço-me por descobrir o LUAR ... e escolho viver na fé e na confiança: em cada pessoa, a fé e a confiança que nos une uns aos outros e me conduz a Deus (meu espelho).


Fica o poema


Eu serei o teu espelho
Refletindo o que tu és, caso não o saibas.
Serei o vento, a chuva e o teu pôr-do-sol
A Luz na tua porta pra te mostrar que estás em casa

Quando pensares que a noite lê a tua mente
Que dentro de ti tudo está revolto
Deixa-me mostrar-te que tu estás cego
Por favor... baixa a tuas mãos,
Porque eu vejo-te.

Eu acho difícil acreditar que tu não saibas
Quanta beleza há em ti!
Mas porque não me deixas ser os teus olhos
Uma luz na tua escuridão,
para que não tenhas medo.

Lou Reed (Velvet Underground),
“I’ll be your mirror” (tradução adaptada)




Sem comentários: