quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

O açucar no leite


Com esta história simples podemos aprender muito, deixemos cair a nossa "sabedoria" diante de uma criança que ainda por cima é tímida...

Façamos este exercício simples, sobretudo se o sol parece esconder-se, o coração está magoado pela injustiça, a alma a disfarçar pequenas desilusões, se gostaríamos que alguém nos confortasse e não encontramos um amigo(a) a quem telefonar...

Mais, façamo-lo também, se estamos alegres e cheios de entusiasmo, se a vida nos sorri e o sol brilha... se queremos dar tempo aos nossos sonhos...

Como a criança, peguemos num copo de leite e deitemos uma colher de açucar... Deixemos a vida sorrir, o pensamento voar até ao Infinito, é então será possível confirmar e saborear, como um simples "copo de leite", se pode tornar diferente, mais saboroso, cheio de esperança e de Eternidade.

Certo dia um sacerdote foi a uma escola falar de Deus.
Quando chegou perguntou às crianças se conheciam Deus. Elas responderam que sim.
Então ele perguntou: Quem é Deus?
Elas responderam:
-
Deus é nosso Pai. Ele fez a terra, o mar e tudo o que existe. E fez de nós seus filhos...
O sacerdote resolveu adiantar um pouco a sua pergunta:
- Como é que vós sabeis que isso é verdade?
A sala ficou toda em silêncio durante uns momentos. Por fim, Pedro, um menino muito tímido, levantou a mão e disse:
- A minha mãe disse-me que Deus é como o açúcar no leite que ela me prepara todas as manhãs. Eu não vejo o açúcar que está dentro da chávena de leite, mas se ela não o colocar, o leite fica sem sabor. Deus existe e está no meio de nós, só que nós não O vemos. Mas, se Ele não estiver perto, a nossa vida fica sem sabor.
O sacerdote disse:
- Muito bem, Pedro! Agora sei que Deus é o nosso açúcar. É Ele que adoça todos os dias a nossa vida.

Sem comentários: